fbpx
Início Geral Escola de Anchieta é premiada pelo Ministério da Educação

Escola de Anchieta é premiada pelo Ministério da Educação

O Cento de Educação Infantil Tom e Jerry foi a única escola do Estado escolhida para integrar o livro, que foi lançado na semana passada, em Recife pelo FNDE.

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) realizou na semana passada a premiação referente à Jornada de Educação Alimentar e Nutricional (EAN) 2017. O tema teve como norteador a promoção da alimentação saudável e a prevenção da obesidade infantil no ambiente escolar. As escolas municipais de Anchieta Tom & Jerry (Iriri) e Patrícia Fernandes Roffes (Nova Esperança) participaram da seleção com o projeto Alimentação Saudável.

- publicidade -
mercado_pago

O Cento de Educação Infantil Tom e Jerry, localizado em Iriri, foi a única escola do Estado escolhida para integrar o livro, que foi lançado no último 21 de março, em Recife, pelo FNDE. A professora Elciane Smider Donatelli representou o município no evento.

De acordo com a nutricionista da Secretaria Municipal de Educação, Tereza Marques, a escola Tom & Jerry foi premiada pelo FNDE, o seu projeto teve ênfase na questão de mostrar aos alunos e também à família que uma alimentação saudável traz benefícios a todos.

A professora Elciane Smider Donatelli disse que ao aceitar participar da jornada tinha como objetivo levar o aluno a conhecer de onde vem os alimentos saudáveis (agricultura familiar) e participar de atividades lúdicas envolvendo os alimentos (biblioteca, brinquedoteca) tornaram o aprendizagem mais significativa. “Foi possível ver no prato, na prática a mudança de um cardápio supérfluo para uma alimentação saudável”, disse.

 A diretora da unidade, Lilian Louvers dos Santos, disse estar orgulhosa com a conquista. “Estamos imensamente orgulhosos em saber que o Cmei Tom E Jerry foi premiado entre os melhores, concorrendo com escolas de todo o país. Agradecemos de coração a todos os envolvidos direta e indiretamente no projeto”, comemora.

Marques complementa que a premiação foi o resultado de um trabalho sério que o município vem desenvolvendo. “Queremos ampliar este projeto para toda rede de ensino municipal. Os alunos visitaram o plantio de cenoura e feijão, descobriram que os legumes não vêm em sacolas do supermercado, mas da terra. Foi gratificante perceber nos olhares dos nossos alunos esta nova descoberta, e com isto o consumo por alimentos saudáveis aumentou consideravelmente durante o recreio”, completou.

Aproximadamente 800 escolas de 24 estados do país foram inscritas e 460 foram selecionadas para participar do concurso, apresentando seus projetos e relatos das boas práticas que realizaram. Ao final da jornada foram selecionados os 30 melhores relatos de experiências realizadas nas escolas brasileiras para serem reunidas em um livro.

Comente com seu Facebook!

Terra Academia
Via sul Telecon
unisa
cdtec
Oito ervas campanha 2018
Banner Innovar
ITA 21-02 a 21-08
WINDEX 12 MESES