Secretaria de Obras e Saúde suspendem alguns serviços por conta da falta de combustível

As Secretarias Municipais de Obras e de Saúde de Presidente Kennedy suspenderam nesta quinta-feira (24) a realização de alguns serviços. O motivo: a falta de diesel para abastecer toda a frota da prefeitura.

Segundo o secretário municipal de Obras, Miguel Ângelo, a medida é preventiva. “Fizemos uma reunião com toda a equipe hoje e realizamos um balanço, que nos levou a conclusão que o momento é de cautela. Não sabemos até quando essa situação vai se estender e, por isso, decidimos que vamos realizar apenas serviços essenciais, como abastecimento de água potável por caminhão pipa e manutenção da iluminação pública. Outros serviços, como manutenção de estradas e obras estão suspensos até a situação normalizar”, explicou o secretário de Obras, Miguel Ângelo.

Já o secretário municipal de Saúde, Valdinei Costalonga, explicou que em virtude da falta de combustível não será possível funcionar com todos os veículos da programação do transporte sanitário. “Vamos atuar apenas com as ambulâncias e UTI’s móveis para atendimento de urgência e emergência, equipe de Saúde da Família nas Unidades de Saúde e agendamento de consultas. Exames liberados também serão atendidos”, disse o secretário.

Outras secretarias estudam a necessidade de reajustar ou não os serviços, enquanto a paralisação dos caminhoneiros acontece. Segundo noticiou a imprensa na manhã desta quinta-feira (24), oito municípios do sul do Espírito Santo já estão sem combustível nos postos (gasolina, etanol e diesel).

Comente com seu Facebook!