Início Notícias Eleições 2018 Eleitora registra boletim de ocorrência após ser informada que votaram em seu...

Eleitora registra boletim de ocorrência após ser informada que votaram em seu lugar em Vitória

A eleitora, Lucienne Fernandes Barreto Musiello, 50 anos, registrou um boletim de ocorrência na Polícia Federal, nesta terça-feira (09) após não conseguir votar no último domingo (07). Segundo relato da designer, quando chegou para votar na seção 467, no Colégio Darwin, em Jardim da Penha, antes de colocar sua digital na máquina de leitura de biometria, a informação do mesário, foi que a mesma já havia votado.

A designer, Lucienne Fernandes Barreto Musiello não conseguiu votar porque já haviam votado no lugar dela (Foto: Acervo Pessoal/Facebook)

“Ao chegar apresentei meu título e documento. Os mesários olharam minha documentação e, até então, estava tudo certo. Ele retirou o comprovante e me entregou. Quando o mesário digitou meus dados, ele me olhou e disse: ‘Mas você já votou!’ E eu argumentei como teria votado se tinha acabado de chegar na seção. Ele me explicou que o sistema informava que meu voto já tinha sido registrado”.

Lucienne disse que o mesário chegou a dizer que algum documento dela poderia estar com problema. “Depois de tentarem duas vezes o procedimento, a mesma mensagem apareceu. Na verdade nem os mesários, nem os fiscais souberam explicar o que aconteceu”, disse a eleitora.

A designer ficou inconformada com a situação e buscou explicação com o coordenador da zona eleitoral e foi informada que um fiscal iria registrar o caso para ser avaliado pelo Tribunal Regional Eleitoral – ES (TRE). “Eu fiquei ainda mais surpresa porque não pude assinar o documento que o mesário fez. Os mesários e fiscais me disseram que o que eles poderiam fazer era me entregar o comprovante para que eu não pagasse multa.

- publicidade -
oba restaurante 6 meses
senarp
Açai do Carioca
Banner cobertura de eventos
ellomais – promocao 09/2018
Pi 29980
parceria – bruna-giu-doce-mania-15-10-2018-iniciado
vandinho lanches

“Além disso, me orientaram a registrar o caso no Cartório Eleitoral de Jardim Camburi. Eu não pude votar nos candidatos que eu queria. Fui lá exercer meu papel de cidadã e não pude fazê-lo. Estou com meu comprovante sem ter votado. Muito frustrante isso. Estou muito chateada”, finalizou a eleitora.

O Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo informa que a eleitora deve procurar seu cartório eleitoral para relatar o fato, para que a ocorrência seja devidamente apurada.

No domingo, Lucienne postou um vídeo em seu Facebook contando o que aconteceu. Assista:

Fonte: Tribuna Online

Leia também:

Comente com seu Facebook!

Pi 029980
Terra Academia
WINDEX 12 MESES
ITA 21-02 a 21-08
Via sul Telecon
cdtec
Banner Innovar
unisa
Oito ervas campanha 2018