Início Notícias Geral Escultura no centro de Brasília ganha cores da bandeira LGBT

Escultura no centro de Brasília ganha cores da bandeira LGBT

Adesivo novo é homenagem da Secretaria de Turismo ao Dia Internacional do Orgulho LGBT.

No Dia Internacional do Orgulho LGBT, comemorado nesta quinta-feira (28), Brasília fez uma homenagem às lésbicas, gays, bissexuais, transsexuais e travestis no centro da capital.

A escultura com a frase “Eu amo Brasília”, em um dos pontos turísticos mais visitados da cidade, a Torre de TV, amanheceu com as cores da bandeira que representa o movimento.

Além de colorir a cidade, a intervenção na obra – instalada em 2014 para a Copa do Mundo no Brasil – é uma forma de chamar atenção para a importância das pautas LGBTs, do respeito às diferenças e da igualdade de direitos.

“É uma ação para conscientizar sobre a importância do combate à homofobia”, disse o secretário de Turismo, Jaime Recenea, ao G1. “A ideia é colocar naquele espaço onde as pessoas tiram foto mesmo. Porque num mundo de intolerância, a gente tem que se mostrar uma cidade que respeita a diversidade.”

Em outro campo de autação – que também guarda relação com o turismo – as pautas LGBT também chegaram com avanços. Agentes de segurança pública do DF participam de um curso de capacitação para atenderem este público.

O objetivo é orientar policiais militares e civis, bombeiros, agentes penitenciários e do Departamento de Trânsito (Detran) sobre procedimentos adequados a pessoas LGBT. Uma cartilha deve ser publicada em 2 de julho, segundo o GDF.

No <3

O coração, no lugar do verbo “amo”, foi envelopado com listas verticais nas cores laranja, verde, roxo, vermelho, amarelo e azul. Cada letra também ganhou uma cor nova.

Ocasionalmente, a obra também vai acabar servindo de elemento cenográfico para a 21ª Parada do Orgulho LGBTQI de Brasília, no dia 1º de julho. A concentração será em frente ao Congresso Nacional, mas o trio elétrico vai percorrer toda a N1 até parar na Torre de TV.

Por enquanto, não há prazo para retirada do adeviso. Como é feito de material resistente e com alta durabilidade, segundo a Secretaria de Turismo, ele pode ficar até uma próxima campanha – que não tem data para ocorrer.

dddddddddddddddd