Início Notícias Governador anuncia reajuste do auxílio-alimentação de servidores

Governador anuncia reajuste do auxílio-alimentação de servidores

Governador ressaltou crescimento do Estado em meio a crise econômica do país. Foto: Antônio Moreira/AT

Um dia após o governador Paulo Hartung apresentar o resultado do Planejamento Estratégico 2018, que prevê R$ 160,80 milhões de investimentos no Estado, nesta quarta-feira (28), o governador prestou contas na Assembleia Legislativa (ALES) e detalhou a saúde financeira do Estado, as políticas públicas inovadoras implementadas e as ações prioritárias do Governo que estão em andamento.

Na oportunidade, o governador anunciou ainda que o Governo pretende reajustar de R$ 220,00 para R$ 300,00 o valor do auxílio-alimentação pago ao funcionalismo público Estadual. Um aumento de 36,40%.

Apesar da crise política e socioeconômica que castigam o país nos últimos anos, Paulo Hartung reafirmou que o Estado está com as contas organizadas e avançando progressivamente em Programas transformadores e na contraprestação de serviços à população. A prestação de contas foi realizada em sessão especial no Plenário Dirceu Cardoso, na Assembleia Legislativa, em Vitória.

Em seu terceiro mandato à frente do Poder Executivo Estadual, Paulo Hartung destacou que se colocou à disposição para reassumir o Governo por diagnosticar que estava em descompasso na relação entre custeio e arrecadação. Hartung relembrou que, ao reassumir o comando do Estado, foi necessário dialogar e detalhar aos deputados Estaduais um diagnóstico técnico que demonstrava que o orçamento anual previsto pela administração anterior não estava coerente com a previsão real de arrecadação. O governador afirmou que diante dos desafios postos, está executando à frente do Executivo Estadual um “Novo Início” para as terras capixabas.

“Gostaria de afirmar que, hoje, podemos dizer que os alertas que fizemos ainda em 2013/2014, acerca dos descontroles que ameaçavam a vida dos capixabas tinham plena razão de ser. À época, o governo estadual flertava perigosamente com o descontrole das contas públicas. Naqueles anos (2013/2014), o Estado apresentou déficit crescente, respectivamente de R$ 983 milhões e R$ 1,456 bilhão. Um dos fatores determinantes foi o crescimento das despesas correntes em índice muito superior ao da ampliação das receitas. Por exemplo, a folha de pessoal do governo que, em 2010, estava no patamar de R$ 260 milhões, ao final de 2014 chegava a R$ 430 milhões mensais”, pontuou.

“Mas como bem sabem os capixabas, nesses últimos três anos não nos ocupamos apenas da pauta emergencial, originada nos desacertos passados e também nos desafios das crises. Fomos muito além e investimos na melhoria da qualidade de vida da população, pensando no hoje e no que virá, com políticas públicas inovadoras. Trata-se de medidas transformadoras do presente imediato e fundadoras de um amanhã bastante diferente entre nós”, completou.

Entre as políticas públicas implantadas pelo Estado, o governador Paulo Hartung destacou a Escola Viva; o Jovem de Futuro; o Pacto pela Aprendizagem; a Rede Cuidar; o Ocupação Social; os editais de Ciência e Tecnologia e de Cultura; o Campeões do Futuro, no Esporte; o Reflorestar, cujas origens estão lá na criação do Fundágua, em 2008; o Águas e Paisagens; e o Programa Estadual de Barragens. “São algumas das mais relevantes iniciativas que, modificando o presente, se constituem como a base de um novo tempo nas terras capixabas”, analisou.

Deputados, secretários e assessores acompanharam a prestação de contas do Governador. Foto: Antônio Moreira/AT

Deputados, secretários e assessores acompanharam a prestação de contas do Governador. Foto: Antônio Moreira/AT

 

Reajuste de 36,40 % no auxílio-alimentação

O projeto de lei que prevê o reajuste no benefício foi entregue ao presidente da Assembleia Legislativa, Erick Musso. “É um passo representativo, de reconhecimento à nossa equipe de trabalho. Uma medida tornada possível porque já caminhamos para fora do olho do furacão das tormentas que atravessamos juntos”, finalizou Paulo Hartung.

Tribuna online

dddddddddddddddd