Início Notícias Polí­tica Manato ganha cargo na Casa Civil do governo de Jair Bolsonaro

Manato ganha cargo na Casa Civil do governo de Jair Bolsonaro

Deputado federal será secretário especial para Câmara Federal, cargo vinculado à Casa Civil. Ele vai ajudar o presidente na articulação política com o Congresso

Manato ganha cargo na Casa Civil do governo de Jair Bolsonaro
Manato ganha cargo na Casa Civil do governo de Jair Bolsonaro

Carlos Manato (o segundo da esquerda para a direita) vai ajudar o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (o primeiro à direita de Manato), na articulação política com a Câmara.

O deputado federal Carlos Manato (PSL) acaba de ser oficializado no cargo de secretário especial para Câmara Federal do governo de Jair Bolsonaro (PSL).

A secretaria é subordinada à Casa Civil, que vai contar com outras duas secretarias: a Executiva, para assuntos inerentes à pasta; e a Especial, para o Senado Federal. Os secretários serão, respectivamente, Abraham Weintraub e o deputado federal não reeleito Leonardo Quintão (MDB-MG).

Responsável pela articulação política do governo com o Congresso, a Casa Civil será comandada pelo também deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS).

- publicidade -
senarp
Açai do Carioca
parceria – bruna-giu-doce-mania-15-10-2018-iniciado
ellomais – promocao 09/2018
Banner cobertura de eventos
Pi 29980
oba restaurante 6 meses
vandinho lanches

Manato é o principal aliado de Bolsonaro no Espírito Santo. Nas eleições de outubro, ele foi candidato ao governo do Espírito Santo pelo PSL. Com pouco mais de 27% dos votos válidos, foi derrotado pelo ex-governador Renato Casagrande (PSB) no primeiro turno.

Manato já começa a trabalhar na equipe de transição a partir da próxima terça-feira (4). O mandato dele na Câmara termina em 31 de janeiro. A posse no cargo no Executivo será apenas em 1º de fevereiro.

A indicação para a secretaria da Casa Civil, de acordo com o próprio Manato, não passou por partidos ou bancadas. “Conversei com o Bolsonaro duas vezes, a última ontem (terça). E hoje com o Onyx. O secretario executivo é cota pessoal do Onyx. Eu também sou cota pessoal do Bolsonaro e o Leonardo eu não perguntei, mas ele é evangélico, um cara do bem”, avaliou o deputado.

“A expectativa é de bom relacionamento com o Congresso, uma base coesa. E colocar líderes comprometidos com o país”, complementou.

A alocação de Manato na Casa Civil, em meio à redução de chances de o senador Magno Malta (PR), outrora cotado, emplacar num ministério, foi adiantada pelo Gazeta Online.

E, por falar em Magno, Manato, agora alçado oficialmente ao time do presidente eleito, prefere não tecer comentários sobre a ida ou não do republicano para o primeiro escalão: “Sem comentários. Tem tempo que não falo com ele (Magno), é ele e Bolsonaro agora”.

fonte Gazeta Online

Leia também:

Comente com seu Facebook!

Banner Innovar
Oito ervas campanha 2018
unisa
Terra Academia
WINDEX 12 MESES
cdtec
ITA 21-02 a 21-08
Via sul Telecon