Início Notícias Cidades Polícia Civil conclui inquérito e indicia jovem por tiro acidental na própria...

Polícia Civil conclui inquérito e indicia jovem por tiro acidental na própria irmã

Jovens consumiam bebidas alcoólicas quando uma delas atirou em Sthephany Rodrigues

Sthephany Rodrigues, de 19 anos, estava internada há quase três meses (Foto: Acervo Pessoal)

Após quase três meses de investigação, a Polícia Civil concluiu um inquérito sobre a morte da jovem Sthephany Rodigues, de 18 anos, que morreu após ser baleada com um tiro na cabeça. O crime aconteceu no dia 24 de junho deste ano, no bairro Parque das Gaivotas, na Serra.

Segundo as investigações da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Mulher (DHPM), o tiro que matou a jovem foi efetuado pela própria irmã, identificada como Thayrany Rodrigues da Silva, de 22 anos. O tiro, segundo a polícia, teria sido acidental.

Sthephany, Thayrany e outras quatro pessoas consumiam bebidas alcoólicas quando Higor Cezar dos Santos (vulgo Pipo), que estava junto com o grupo, saiu com um dos jovens para comprar mais cervejas. Antes de sair, ele teria deixado um revólver calibre 38 no local.

“Depois que eles saíram do local, Thayrany, apesar de embriagada, começou a manusear o revólver e, acidentalmente, efetuou disparo, atingindo a cabeça de sua irmã”, afirmou o delegado Janderson Lube.

Sthephany chegou a ser socorrida com vida e foi levada para um hospital onde ficou internada até o último dia 14 de setembro, quando não resistiu e morreu.

Ainda segundo a polícia, Higor, quando retornou ao local, descartou a arma em um matagal e alegou não saber onde estava a arma. Já Thayrany, que chegou a dizer que uma outra pessoa teria chegado armado e atirado na irmã, acabou voltando atrás e afirmando que atirou acidentalmente.

“Thayrany foi indiciada por homicídio culposo e fraude processual, enquanto Higor (vulgo Pipo) foi indiciado por porte ilegal de arma de fogo e fraude processual. O inquérito policial foi concluído e será encaminhado para o Fórum Criminal da Comarca da Serra”, informou a Secretaria de Segurança Públilca.

Fonte: Tribuna online

dddddddddddddddd