Início Notícias Educação Polo UAB: Anchieta recebe visita da Ufes para vistoria de escola

Polo UAB: Anchieta recebe visita da Ufes para vistoria de escola

Na última quinta-feira (22), o município recebeu representantes do Ensino a Distância da Ufes para conhecerem a Escola de Novo Horizonte, possível local de instalação do polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB).

- publicidade -

Seguem os trabalhos para a instalação de um polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB) em Anchieta. Coordenadores dos cursos de Ensino a Distância ofertados pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), professores Júlio Francelino Ferreira Filho e Maria José Campos Rodrigues, estiveram em Anchieta para conhecer as dependências da Escola de Novo Horizonte, local que, se aprovado como polo, será sede dos cursos em Anchieta.

Na ocasião, o prefeito de Anchieta Fabrício Petri entregou à equipe da Ufes um Termo de Compromisso, disponibilizando o espaço físico e recursos humanos para que os cursos sejam oferecidos no local. “Sabemos da importância que a oferta de cursos superiores tem para o nosso município. Os anchietenses poderão se capacitar, de forma gratuita, com reconhecimento de instituições federais”, afirmou o prefeito.

Também participaram do encontro a antiga e a atual secretária municipal de Educação, Márcia Gonçalves e Janinha Gerke, respectivamente, além de uma equipe da Secretaria Municipal de Educação e servidores da Escola de Novo Horizonte.

Os professores da Ufes apresentaram, então, a gama de cursos que o município poderá pleitear. Entre eles estão: Biologia, Pedagogia, Química, Filosofia, além de especializações. A UAB possibilita que sejam ofertados cursos de graduação e pós-graduação de Instituições Federais, de forma gratuita, na modalidade a distância. É possível ter, em um único polo, cursos de várias Universidades do Brasil.

Recentemente, o vereador Renato Lorencini esteve em Vitória, na sede do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), para solicitar o oferecimento de cursos do Instituto, tendo retorno positivo do reitor, Jadir Pela, para sua disponibilização. O Ifes possui um Centro de Formação com diversas ofertas técnicas, pós-graduação e formação continuada e manifestou interesse em implantar suas capacitações no município.  

Andamento do processo

No ano passado, o vereador Renato Lorencini, convidou a então secretária municipal de Educação, Janinha Gerke, para um encontro na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) para negociar a implantação de um polo.

Na ocasião, Lorencini e Janinha estiveram reunidos com os professores coordenadores da iniciativa no Estado, professores Júlio Francelino Ferreira Filho e Maria José Campos Rodrigues, da Ufes e Mariella Berger Andrade, coordenadora da UAB no Ifes. Foram apresentados os requisitos para a instalação do polo, bem como informações sobre o processo para sua implementação.

Então, a Secretaria Municipal de Educação montou um projeto de acordo com os requisitos, enquanto Lorencini confeccionou a minuta da lei que autoriza o município a instalar o polo (este é um dos requisitos, ter uma lei que legitime a instalação). Os documentos foram protocolados na Fapes e no Ministério da Educação (MEC), explicitando as intenções de que a estrutura da Escola Municipal de Novo Horizonte seja utilizada para oferecer os cursos. Uma equipe do MEC sinalizou que, em breve, deve fazer uma visita à unidade para avaliação.

A aceitação de um polo é feita por meio de um edital lançado pela UAB, entretanto, não houve edital para o ano de 2018. O município se inscreve e, caso apresente os requisitos (estrutura, demanda, entre outros) exigidos, são realizadas vistorias e demais procedimentos para o seu funcionamento.

Leia também:

Comente com seu Facebook!