Início Notícias Geral População reclama de falta de remédio na Farmácia Básica de Marataízes

População reclama de falta de remédio na Farmácia Básica de Marataízes

“Se fosse depender de remédio da Farmácia Básica, meu pai já estaria morto”, enfatizou Claudia Correa Faria. Seu pai toma medicamento para o mal de Parkyson (prolopa 200/50)

Outra que enfatizou a falta desse remédio é Cassia Góes. Fraldas geriátricas estão faltando e a reclamação são de várias pessoas, como a Maya Amorim e Alê Falcão Reis, informou que, está há 48 dias sem fraldas para a mãe acamada com Alzheimer.

O caso da Graciele Silva é ainda mais dramática, estão doentes mãe e irmã que, precisam fazer uso das fraldas geriátricas, diariamente. Até os remédios mais simples como dipirona e ácido fólico, estão faltando, diz Jamýle Cardoso.

“Minha mãe precisa do remédio Galvus para diabetes, há dois meses vou à farmácia e o pior que não sabem quando vai chegar”, ressaltou Angela Rita Veeslquez.

Leia também:

Comente com seu Facebook!

Pi 029980
unisa
Terra Academia
Banner Innovar
Via sul Telecon
cdtec
ITA 21-02 a 21-08
WINDEX 12 MESES
Oito ervas campanha 2018