Presidente Kennedy é a cidade que mais gastou em saúde por habitante em 2017 no Brasil

0
26
Sede de Presidente Kennedy ES
Sede de Presidente Kennedy ES

Presidente Kennedy, segundo o anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil, foi a cidade que mais gastou em saúde por habitante no País no ano de 2017.

Sede de Presidente Kennedy ES
Sede de Presidente Kennedy ES

O levantamento, publicado na edição deste ano e divulgado na última semana, mostra que aumentou a participação dos municípios nos investimentos na área da saúde.

Segundo a publicação, o orçamento dos municípios foi paulatinamente comprometendo-se cada vez mais com a despesa com saúde, mesmo esta última tendo registrado quedas em 2015, 2016 e tendo obtido um crescimento de apenas 0,6%, em 2017.

Considerando-se apenas a despesa com saúde realizada com recursos próprios de cada ente, em 2017, enquanto os municípios arcaram com 31%, os Estados realizaram 25,7% e a União, 43,3%. Em 2002, os percentuais eram de 25,3%, 22,6% e 52,1%, respectivamente.

Enquanto os municípios expandiram sua participação no financiamento da saúde em 6 pontos percentuais (p.p.) nos últimos 15 anos, a União reduziu em 9 p.p.. Na repartição da receita disponível, os municípios tiveram um aumento de 2,7 p.p. e a União perdeu 1,9 p.p., o que bem ilustra o fraco processo de desconcentração das receitas diante de uma intensa descentralização de competências.

Os Estados, por sua vez, aumentaram sua participação no financiamento da saúde em 3 p.p., no mesmo período de 15 anos, e ainda perderam participação no total da receita disponível em 0,8 p.p.. Portanto, aponta o levantamento, os Estados também sentiram os efeitos do processo de descentralização de competências sem o respectivo aporte de receitas.

No Espírito Santo, em 2017, Vitória e Serra foram as cidades que mais tiveram despesas com a saúde pública. Elas ocuparam o ranking das 100 que mais gastaram no País, sendo que a capital investiu R$ 247.9 milhões (71º lugar) e Serra gastou R$ 207.3 milhões (86º lugar).

Em relação a despesa com saúde per capita, que é o gasto por habitante, Presidente Kennedy ocupa o 1º lugar no ranking das 100 cidades que mais gastaram no Brasil.

Em 2017, o município litorâneo, com 11.742 moradores, ocupando o 2.759º lugar no ranking populacional, investiu R$ 49.3 milhões em saúde, o correspondente a R$ 4.201,56 por habitante.

O segundo colocado no levantamento, Serra da Saudade – MG, gastou R$ 747,61 a menos que Presidente Kennedy. O último colocado, na lista dos 100, Coqueiro Baixo – RS, teve despesa de R$ 1.706,93 por habitante, ou seja, gastou 2.494,63 a menos que o município capixaba em 2017.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here